Bem vindo(a) a Associação Brasileira dos Gestores de Segurança Associação Brasileira dos Gestores de Segurança
Divulgando e Apoiando o Gestor de Segurança no Brasil
  Login    
Enquete
Para o mercado trabalho,o Gestor Segurança teria mais valorização

Uma Legislação mais adequada a realidade
Criação de normas mais especificas p/ sua atuação
Meios de trabalho mais dinamico e suporte
Maior espaço para divulgação deste Profissional
Termos uma classe mais atuante e representativa



Resultados
Enquete

Votos: 958
Comentários: 1

2ª VIA BOLETO
Digite seu Email:

Meio Pagamentos

Contador de Visitas

Associação Brasileira dos Gestores de Segurança Perguntas Frequentes



Categoria: Índice -> Gerenciamento de Crises

Pergunta
·  O que é uma Crise?
·  O que é Gerenciamento de Crises?
·  Quais os objetivos principais do Gerenciamento de Crises? e Quais são as caractisticas de uma Crise?
·  Qual o Critério usado para a classificação dos Riscos ou amaeças?
·  O que são Níveis de Resposta?
·  Durante uma crise quem são as fontes de informações e como podem ser exemplificadas?
·  Quais os tipos mais comuns dos causadores de eventos críticos?
·  Definição de Criminoso Terrorista
·  Que tipos de assistência imediata e a longo prazo podem ser incluidas no Plano de Emergência?
·  Um plano eficaz deve ter respostas para que tipos de perguntas?
·  Quantas fases existem no gerenciamento de emergência.
·  Por que contar com um plano de Gerenciamento de Crises?

Resposta
·  O que é uma Crise?

Evento imprevisível e unica com potencial para provocar prejuízos significativos a uma instituição e, conseqüentemente, aos seus integrantes. Se mal administrada, pode macular a credibilidade e a imagem da instituição.

Diz o Parágrafo 1º do Art. 1º do RI: "Nos termos do Art. 3º, do Decreto n.º 25.389, de 23/02/1999, considera-se "CRISE" todo o incidente ou situação crucial não rotineira, que exija uma resposta especial da Polícia, em razão da possibilidade de agravamento conjuntural, inclusive com risco de vida para as pessoas envolvidas, e que possa manifestar-se através de motins em presídios, assaltos a bancos com reféns, seqüestros, atos de terrorismo, tentativas de suicídio, ocupação ilegal de terras, bloqueio de estradas, dentre outras ocorrências de vulto, surpreendendo as autoridades e exigindo uma postura imediata das mesmas, com emprego de técnicas especializadas".

[ Voltar ao TOP ]

·  O que é Gerenciamento de Crises?

É o processo de identificação, de obter e aplicar os recursos necessários a antecipação, prevenção e resolução de uma crise.

Segundo o Art. 4º, do Decreto n.º 25.389, de 23/02/1999, considera-se "GERENCIAMENTO DE CRISE" o processo eficaz de se identificar, obter e aplicar, de conformidade com a legislação vigente e com o emprego das técnicas especializadas, os recursos estratégicos adequados para a solução de CRISE, sejam medidas de antecipação, prevenção e/ou resolução, a fim de assegurar o completo restabelecimento da ordem pública e da normalidade da situação".

[ Voltar ao TOP ]

·  Quais os objetivos principais do Gerenciamento de Crises? e Quais são as caractisticas de uma Crise?

De acordo com o Art. 14 do RI/GCRISES o Gerenciamento de Crises tem como principal objetivo, em absoluta ordem axiológica,preservar vidas e aplicar a lei.

• Imprevisibilidade
• Com pressão de tempo (urgência) • Ameaça ao bem jurídico (bem vida prática)-br+ • Necessidade de resposta imediata a) Uma postura organizacional não rotineira b) Necessidade de planejamento especial • Necessidade de muitos recurso para sua solução • Ser um evento de baixa probabilidade de ocorrência e de graves consequências • Ser caótica • Tem acompanhamento próximo e detalhado das autoridades competentes da comunidade e da mídia

[ Voltar ao TOP ]

·  Qual o Critério usado para a classificação dos Riscos ou amaeças?

Classificação dos graus de risco ou ameaça Não existe uma classifica categórica dos graus de risco ou ameaça. A titulo de exemplo, O FBI e algumas policias do Brasil adotaram o seguinte critério: 1. grau => alto risco 2 grau => altamente risco 3 grau => ameaça extra-ordinária - terrorismo 4. grau => exótica - agente químico Essa classificação é meramente exemplificativa, havendo exemplo de outras mais amplas ou mais restrita e mais ou menos criativa. A classificação de risco ou ameaça não é uma imposição meramente didática, ela tem importantes reflexos operacionais e de gerenciamento, pois é justamente esta classificação em que o encarregado de gerenciar oferecerá o nível de reposta compatível.

[ Voltar ao TOP ]

·  O que são Níveis de Resposta?

A cada grau de risco ou ameaça correspondente um nível de resposta. Esse nível sobe gradativamente na escolha, na medida com o valor da crise a ser enfrentada. Uma correta avaliação do grau de risco ou ameaça representado por uma crise concorre favoravelmente para a solução do evento, possibilitando desde o início, o oferecimento de um nível de resposta adequado a situação, evitando ações insuficientes e perdas de tempo desnecessárias. A avaliação inicial do grau de risco ou ameaça é quase sempre feita por aquele individuo que primeiramente toma ciência do ocorrido.

[ Voltar ao TOP ]

·  Durante uma crise quem são as fontes de informações e como podem ser exemplificadas?

As principais fontes de informação em eventos critico que estão ocorrendo podem ser exemplificadas da seguinte forma: • Durante uma Crise => vitimas => Gerente da Crise => a Mídia => Cliente • Pós Crise => vitimas => Gerente da Crise => a Mídia => Cliente

[ Voltar ao TOP ]

·  Quais os tipos mais comuns dos causadores de eventos críticos?

De todos os elementos essenciais da inteligência os perpetradores (sujeito ativo) despontam como os mais importantes na tentativa de auxiliar a tarefa de coleta de dados, a cerca dos perpetradores, os estudiosos de Gerenciamento de crises tem procurado desenvolver uma tipologia dos causadores de eventos críticos. Esse indivíduos podem ser classificados, a titulo de exemplo em quatro tipo fundamentais: a- Criminoso profissional b - Criminoso emocionalmente perturbado c - Criminoso Eventual d - Criminoso Terrorista A classificação aqui apresentada, a para de suas imperfeições, deve servir apenas como um ponto de orientação no diagnostico dos causadores de eventos críticos, dado o papel primordial que eles desempenham numa crise.

[ Voltar ao TOP ]

·  Definição de Criminoso Terrorista

Para o FBI, essa categoria de perpetrador, o Terrorista, vem de dois tipos de cultura: motivação policia e religiosa.

[ Voltar ao TOP ]

·  Que tipos de assistência imediata e a longo prazo podem ser incluidas no Plano de Emergência?

- Pessoal e equipamento de emergência para fornecer ajuda imediata aos feridos;
- Serviços médicos para auxílio aos feridos;
- Óculos de segurança para aqueles que perderam os seus durante a crise;
- Pessoal, equipamento e materiais para remover entulho, perfurar poços de água doce e iniciar a construção básica de estradas, prédios, escolas e casas;
- Necessidades básicas incluindo água potável e alimentos, entre outras;
- Abrigo para pessoas desalojadas;
- Profissionais para fornecer apoio psicológico;
- Substituição de itens domésticos como roupa de cama, utensílios e móveis;

[ Voltar ao TOP ]

·  Um plano eficaz deve ter respostas para que tipos de perguntas?

Quem são as pessoas com maior probabilidade de serem afetadas por um determinado desastre (p.ex., incêndio, explosao, sequestro, ACV, Acidente do Trabalho)?
Quem está disponível para oferecer uma resposta imediata? De onde pode ser feita a coordenação do gerenciamento de emergência?
Como será gerenciada a emergência?
Qual é a situação? Ela requer evacuação ou confinamento domiciliar?
Se for necessária uma evacuação, para onde as pessoas podem ser transportadas ou agromeradas
Qual é o cronograma de cada ação?

[ Voltar ao TOP ]

·  Quantas fases existem no gerenciamento de emergência.

Na verdade existem quatro fases de gerenciamento de uma emergência. Os planos de resposta,quando possível, devem atender a todas essas quatro fases. A gravidade de cada situação determinará o nível de resposta da empresa.
Sao elas:
Mitigação (Prevenção) => é um método econômico de reduzir o impacto de riscos através de medidas preventivas.
Preparação => envolve o desenvolvimento de um plano de ação em caso de emergência. Dois elementos da fase de preparação são um centro de operações de emergência e um plano comprovado de resposta de emergência.
Resposta => inclui a mobilização de serviços de emergência, como prevista no plano de emergência.
Recuperação => tem como objetivo restaurar a área afetada como, por exemplo, reconstruir propriedade, recuperar infra-estrutura e funcionamento da Empresa.

[ Voltar ao TOP ]

·  Por que contar com um plano de Gerenciamento de Crises?

“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. ... tempo de guerra e tempo de paz.” Rei Salmoão - Eclesiastes 3:1 e 8

Poderíamos parafrasear este verso dizendo: “Tempo de crise e tempo de paz.” Não há um tempo apropriado para uma crise aparecer e as crises apresentam-se freqüentemente quando menos as esperamos, pois, se não controlarmos as crises, elas é que nos controlarão. Assim, um plano de gerenciamento de crise serve para:
• Proteger nosso bom nome e reputação.
• Proteger a segurança pessoal e bens de uma empresa ou da população.
• Prevenir a crise ou pelo menos reduzir os seus efeitos.
• Reduzir ou evitar a probabilidade de litígio:
– Fraude por parte de um empregado.
– Abuso sexual de menores por parte de um empregado.
• Controlar os danos procedentes de diferentes fontes.
– Notícias negativas – falsa informação ou má representação – falsas associações.
– Má informação disseminada através de um boato.
– Comportamento indevido dos dirigentes.
• Prover a oportunidade de passar uma mensagem positiva a respeito da Empresa ou organização.
• Aumentar a confiança nos dirigentes.
• Oferecer uma infraestrutura em caso de se apresentar uma crise.
• Contar com um pessoal treinado para enfrentar a crise.
• Esperar prevenidos a crise, antes que ela se apresente.
• Ter respostas prontas antes que a crise se apresente.
• Prover uma equipe para administrar a crise e não tentar manejá-la sozinhos.

[ Voltar ao TOP ]



Login de Acesso
Nome de usuário

Senha

Você ainda não é um usuário cadastrado?

Você pode associar-se clicando aqui.

Quem está on-line?
Neste momento estão on-line:

8 visitante(s) e
0 usuário(s) cadastrado(s).


Você é um usuário anônimo ou não efetuou o login.

Você pode associar-se clicando aqui ou pode efetuar o Login.

Busca
Google

Invista na ABGS

PAGAMENTOS

ABGS-Facebook